fbpx
Coaching Coaching no desporto Desenvolvimento Pessoal

Otimizar o grupo de Influência

Otimizar o grupo de influência é tomar consciência de quem temos à nossa volta, como é que isso está a ser uma escolha nossa e como tem um papel fundamental nos nossos resultados.

  • Quem são as cinco pessoas mais próximas e com mais presença na tua vida diária?
  • Como é que isso te influência?
  • O que é que isso diz sobre ti?

Porquê a mim?

A pergunta: “porquê a mim?” pode surgir quando algo não corre como queríamos. A resposta a esta pergunta é simples: aconteceu assim apenas porque deixou.

É de algum bom senso, que não podemos, e talvez nem devamos, mudar os outros. Também não fará muito sentido estar preocupado a tentar evitar que se comportem com desrespeito. Na realidade, é o poder de cada um controlar e decidir sobre os seus próprios comportamentos. Despender energia a convencer outros a fazer de maneira diferente pode ser um trabalho que leva à frustração…

O que sim podemos fazer é agir em relação aos comportamentos dos outros de uma forma benéfica para nós.

Ontem numa sessão uma atleta dizia-me:

“Não enviei os videos da competição porque não queria estar a chatear.”

Ao que lhe respondi: “é minha a decisão de querer ficar chateada ou não. Não há nada que possas fazer que me faça ficar mais chateada se eu não quiser. E não há nada que possas não fazer que me leve a ficar chateada pois essa deverá ser uma decisão minha.”

Nós devemos ser responsáveis pelo nosso estado e utilizar as nossas emoções a nosso favor. É nossa a decisão de como (re)agir.

Como otimizar o grupo de influência

No momento em que nos sentimos maltratados, outsiders, incompreendidos… podemos tomar a decisão de ficar mais tempo nesse ambiente ou de sair. Temos a opção de dizer o que sentimos ou ser apenas passivos e deixar que aconteça.

O que quero dizer é que estar com pessoas que nos podem colocar em más vibrações, diminuir a motivação, provocar stress é uma escolha nossa. Estar num emprego em que o teu superior é abusivo é uma escolha tua, estar num relacionamento que te drena é uma escolha tua, ter amigos pessimistas que dizem mal dos outros atletas ou estar num convívio que em nada contribui para o teu crescimento pessoal é uma escolha tua. Nem sempre é fácil e é uma escolha tua…

Estar ou não estar varia com a intenção

Acredito que temos alturas em que ir a uma reunião mais chata ou estar no jantar em que o ambiente não é o melhor é o que tem de ser, mas o que te sugiro é que vás para esses ambientes com uma intenção bem definida e não simplesmente porque aconteceu. Isto é, podes estar numa festa em que o ambiente é péssimo, mas tens uma intenção clara sobre a razão.Podes ter como intenção estar com uma determinada pessoa e isso justifica a escolha.

Podes durante um tempo permanecer num emprego em que o ambiente não é o melhor sabendo qual a intenção por trás disso, por exemplo, aprender o mais possível durante um ano. Podes decidir treinar com um treinador com o qual não tens grande empatia sabendo qual a intenção para essa decisão.

Porque é que é importante Otimizar o grupo de Influência

O grupo de influencia é uma peça fundamental no nosso desempenho porque embora conscientemente consigamos escolher a informação que queremos que entre, inconscientemente há informação que passa e que podemos não conseguir filtrar.

As pessoas que estão à nossa volta influenciam o nosso estado emocional e logo, a nossa concentração, a nossa motivação e o nosso foco. Em termos de contexto o primeiro passo a dar para clarificar o que se está a passar e que pode estar a alterar a nossa serenidade, motivação, confiança e foco é ter consciência do que está a acontecer. Para isso proponho-te este exercício que podes ver explicado em detalhe no meu curso Online Hábitos de Foco.

Exercício para Otimizar o grupo de Influência

  1. Escreve o nome das 10 pessoas com quem passas mais tempo diariamente ou durante a semana?
  2. De 0 a 10 escreva o quanto achas que cada uma delas te influência em que 1 é drena a minha energia e 10 é motiva-me vivamente.
  3. Tendo agora consciência do quão te influenciam a que conclusões chegaste?

Por outro lado, as pessoas que temos à nossa volta são todas diferentes, têm gostos diferentes e um potencial diferente. Há papeis que podem desempenhar na nossa vida e há papeis em que não se adaptam tão bem. Reflete agora sobre as três grandes áreas da tua vida: pessoal, profissional e social, imagina-te nesses contextos e coloca dessas as pessoas que queres ter mais perto de ti em cada uma das áreas.

E por último faço-te um convite: toma consciência do que descobriste e responde à pergunta:

O que posso fazer a partir de amanhã no meu grupo de influencia que alterará, no futuro, a minha energia e foco?

Fica bem, Bárbara

Open chat